Campo Grande, 27 de outubro
25º C
(67) 99229-0519

Mercado imobiliário está vivendo melhor momento, segundo presidente do Sindimóveis

João Araújo disse que as vendas dobraram em Mato Grosso do Sul

Por Rosana Siqueira
04/08/2021 • 15h30
Compartilhar

O mercado imobiliário está vivendo seu melhor momento. A afirmação foi feita hoje pelo presidente do Sindicato dos Corretores de Imóveis de MS (Sindimóveis), João Araújo, durante entrevista ao programa CBN Campo Grande. O corretor salientou que MS vive seu melhor momento no setor de venda de imóveis com taxas convidativas ao cliente. Isso trouxe um aumento exponencial nas vendas de imóveis que dobraram no Estado em relação ao mesmo semestre do ano passado.

“Na verdade, estamos precisando de produtos. Temos ofertas de imóveis que vão de grandes incorporadoras, passando por médios. Ou seja, tem opções para todas as faixas etárias", afirmou Araújo.
Um dos motivos deste aquecimento foram a maior facilidade na oferta de crédito. "Os juros atrativos estão fazendo com que as pessoas migrem do aluguel para a compra do imóvel. Esta mudança fez com que as pessoas fossem aos bancos e ver linhas de financiamento para fazer pelo nome ou se a renda familiar comportava as parcelas. Isso impulsionou o número de financiamentos imobiliários", salientou.

Araújo comenta que no ano passado as taxas estavam em 3,90% mais a poupança, mas hoje com aumento na Taxa Selic elas tiveram alterações. Hoje os juros variam de 4,25% ao mês, mais a poupança. Mas tem bancos que oferecem taxas ainda mais interessantes para os clientes. "O Bradesco e Itaú por exemplo tem taxas de 6,90% mais TR ao mês. Por isso faça cotação em vários bancos, procure um corretor capacitado e habilitado para te ajudar nesta tarefa", concluiu.

CBN: BANNER TODIMO DE 25 A 30.10
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os gerentes podem ainda ajudar na escolha de linhas de financiamento com prazos que podem chegar até 30 anos.

Aluguel

Outro ponto foi o avanço no custo do aluguel que no acumulado de 12 meses superou os 26% de reajuste. "Na virada do contrato de aluguel muitos inquilinos viram o valor aumentar. Por isso o que o Sindimóveis aconselha é que as pessoas busquem conversar com os administradores ou locadores e façam uma nova negociação", orientou.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande