RÁDIOS
Mato Grosso do Sul, 27 de maio
RCN67: BANNER ALMS PI 1404 -  DE 23/05/2024 A 31/05/2024

É melhor andar à toa do que ficar à toa

Por Jacir Venturi
18/04/2024 • 10h47
Compartilhar

No Pantanal mato-grossense, um fazendeiro – lá apelidados de gigolôs de vacas – fazia a rotineira ronda pelas suas terras e a tudo fiscalizava, pois, como ele próprio dizia, “é melhor andar à toa do que ficar à toa”.

Todos os amigos o consideravam abonado. Ele retrucava:

– Meu pai, sim, era um homem rico. Tinha 15 mil cabeças de gado, mas, como éramos em 13 irmãos, sobrou pouco para cada um. Meu pai brincava que vendia bois por hora. Dizia: “Hoje eu vou vender duas horas de boi.” Outra frase dele: “ fazenda tem um nome bem apropriado: sempre fazendo.”

Certo dia, percorrendo o trecho em seu trator que puxava uma carreta e, chegando perto de uma lagoa, inusitadamente ouviu vozes femininas. Aproximou-se mais e o que avistou? Sim, diversas garotas nuas nas margens da lagoa que, surpreendidas, nadaram até quase não dar mais pé.

A mais pudica das garotas gritou para o fazendeiro:

– Não sairemos daqui enquanto não deixar de nos espiar e for embora!

– Eu não vim espiá-las – respondeu o fazendeiro. – Vim apenas alimentar os jacarés da minha lagoa!

Moral da história: para alcançar os objetivos, às vezes abordagens indiretas podem ser mais eficazes do que as diretas, especialmente se usadas com criatividade e persuasão.

*Jacir J. Venturi, membro do Conselho Estadual de Educação do Paraná, foi professor e gestor de escolas públicas e privadas, de cursos preparatórios, da UFPR, PUCPR e Universidade Positivo.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Jacir Venturi

21 de maio de 2024

O Berçário do Vale do Silício

Jacir J. Venturi participou de uma missão oficial a Stanford e a 8 empresas do Vale do Silício, com mais 32 diretores e mantenedores de Instituições de Ensino do Brasil.

06 de abril de 2024

A história de Ana é uma tragédia de erros e escolhas infelizes

Eis aqui um belo caso para testar seus conhecimentos jurídicos e valores morais. Paulo e Ana eram recém-casados e viviam felizes. No entanto, passados dois anos, Paulo voltou aos...

VEJA MAIS