Paranaíba, 05 de agosto
23º C
(67)99272-4655

Ação em Paranaíba alerta para os riscos de fumar

Mais de seis milhões de mortes acontecem todos os anos no mundo devido ao tabagismo

Por Talita Matsushita
30/08/2017 • 09h12
Compartilhar

Na quinta- feira (31) será realizada em Paranaíba (MS), na Praça da República, uma ação de conscientização e orientação sobre os riscos de fumar. Serão realizados testes para avaliar o grau de dependência cigarro.  Na terça-feira (29) foi  lembrado como  o Dia Nacional de Combate ao Fumo.   

De acordo com a psicóloga Francine Rosa, o Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF) vai oferecer apoio para quem quer abandonar o vício do cigarro. Uma equipe multidisciplinar formada por nutricionista, fisioterapeuta, psicóloga e professor de educação física atuarão com grupos de pessoas viciadas no cigarro.

Francine explica que a fumaça de cigarros, charutos e cachimbos contém as mesmas substâncias tóxicas e cancerígenas que o fumante inala e pode causar, em não fumantes, doenças graves como câncer e infarto. “Mesmo quando o ato de fumar se dá ao ar livre, uma pessoa próxima ao fumante pode inalar até 50 vezes mais materiais tóxicos do que inalaria em um ambiente externo não poluído”, explica.

O impacto do tabagismo sobre a mortalidade e a qualidade de vida no Brasil é diretamente responsável pela perda, a cada ano, de 4.203.389 anos de vida, além disso é responsável por 12,6 % de todas as mortes que ocorrem no país em pessoas maiores de 35 anos.

Estatísticas da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que mais de seis milhões de mortes acontecem todos os anos no mundo devido ao tabagismo. O dia 29 de agosto foi instituído como Dia de Combate ao Fumo em 1986 e tem como objetivo conscientizar a população sobre os danos causados à saúde pelo uso do tabaco.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Cultura FM 106,3 - Paranaíba

VEJA MAIS