Três Lagoas, 19 de setembro
32º C
(67) 99229-0519

Lagoa pode estar sem alimentos para superpopulação de capivaras

Quantidade de capivaras só não se tornou maior na Lagoa, devido aos jacarés, que são predadores

Por Ana Cristina Santos
21/05/2017 • 09h03
Compartilhar

Pode estar faltando alimentos para a superpopulação de capivaras na Lagoa Maior de Três Lagoas. A quantidade de animais que habitam a Lagoa tem preocupado as autoridades do Meio Ambiente, porque o local não seria o adequado e não teria alimentos o suficiente para comportar o número de roedores.

A quantidade de capivaras só não se tornou maior na Lagoa, devido aos jacarés, que são predadores desses animais.

A Secretaria de Meio Ambiente deve fazer uma parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), de Corumbá, para uma análise técnica sobre a situação dos animais que habitam a Lagoa. Somente após esse estudo, é que a prefeitura vai decidir sobre o futuro dos jacarés e capivaras.

Uma das preocupações da Secretaria de Meio deve-se a quantidade de animais que habitam o local, que já não teria alimentos o suficiente para o número de capivaras que, ao saírem da Lagoa em busca de comida, estão sendo atropeladas na avenida. Outra preocupação é com as pessoas que continuam mexendo com os jacarés. 


Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS