Três Lagoas, 05 de agosto(67) 99229-0519
JPNEWS: CMTL AGOSTO PI 1524

Mato alto e lixo em terreno rendem multa de até R$ 892 em Três Lagoas

Moradores reclamam de sujeira e prefeitura garante mais rigor na fiscalização de terrenos

Por Kelly Martins
08/05/2017 • 09h24
Compartilhar

Proprietários de terrenos baldios, com mato alto e que estão acumulando lixo, nos bairros de Três Lagoas, podem ser multados em até R$ 446,15. Em caso de reincidência, quando o dono da área já foi notificado para promover a limpeza e não fez, a multa pode chegar a R$ 892, dependendo do tamanho do terreno. É dado um prazo de 30 dias para que a situação seja regularizada antes da multa ser aplicada.

A prefeitura informou que tem intensificado a fiscalização e que mais de 1.200 proprietários foram notificados entre os meses de janeiro e abril. A situação é polêmica e tem gerado reclamações de moradores, em diversos pontos do município. Eles cobram providências diante dos riscos que enfrentam com animais peçonhentos, proliferação do mosquito Aedes Aegypti, por exemplo.

Segundo a prefeitura, o Departamento de Obras juntamente com os setores de Tributação e Cadastro Imobiliário e Vigilância e Saneamento vão atuar em conjunto com o objetivo de tornar mais ágil o trabalho de fiscalização de terrenos que acumulam mato e lixo.

Será feita vistoria e análise de dados de matriculas e terrenos, com intuito de facilitar o contato direto com os proprietários, o que poderá proporcionar solução do problema dos moradores de maneira mais rápida. Outra alternativa é a elaboração de um projeto de lei, já anunciada pelo prefeito Ângelo Guerreiro (PSDB), e que deverá ser encaminhada para a Câmara de Vereadores com punições mais rigorosas aos donos de terrenos abandonados na cidade.

Reclamações

Uma moradora da rua Dom Pedro I, no bairro Santa Luzia, em Três Lagoas, enviou fotos à reportagem relatando a situação do local. Ela afirma que o terreno nos fundos da residência está há meses tomado pelo mato e até cobras já entraram na casa por conta da sujeira.

No bairro Vila Alegre, a situação não é diferente. Um morador, que prefere não se identificar e que reside na rua Mercúrio, encaminhou imagens do local.  Ele afirma que há meses a região está tomada pelo mato e já foram encontrados escorpiões, cobras e ratos. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS