TRÊS LAGOAS

Três Lagoas, 05 de agosto
22º C
(67) 99229-0519
JPNEWS: CMTL AGOSTO PI 1524

Três Lagoas está entre os municípios para futura exploração de gás e petróleo

Na Bacia do Paraná, estão em oferta 11 blocos terrestres, localizados em Mato Grosso do Sul

Por Ana Cristina Santos
26/09/2017 • 15h46
Compartilhar

A 14ª rodada de licitações para busca de petróleo e gás natural da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), marcada para acontecer nesta quarta-feira (27), no Rio de Janeiro, terá áreas ofertadas na Bacia do Paraná, em Mato Grosso do Sul.

Três Lagoas está entre os município do Estado com áreas ofertadas.  Água Clara, Anaurilândia, Angélica, Bataguassu, Bataiporã, Brasilândia, Campo Grande, Deodápolis, Ivinhema, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Santa Rita do Pardo e Taquarussu, completam a lista.

De acordo com a ANP, na Bacia do Paraná, estão em oferta 11 blocos terrestres, localizados no Estado do Mato Grosso do Sul. A Bacia do Paraná é classificada como Nova Fronteira, ou seja, possui áreas geologicamente pouco conhecidas e barreiras tecnológicas ou do conhecimento a serem vencidas. A bacia ainda não possui campos produtores de petróleo ou gás natural.

Os bônus de assinatura mínimos variam entre R$ 381 mil e R$ 429 mil. De acordo com levantamento do jornal O Globo, dos 287 blocos que serão ofertados, 177 têm algum tipo de entrave ecológico. Conforme o jornal, o governo espera arrecadar cerca de R$ 2 bilhões com o leilão.

Segundo a ANP, apesar de não possuir nenhuma descoberta comercial, a Bacia do Paraná possui um “potencial promissor” para acumulações de gás natural. A Agência espera que a região permita a exploração do gás de forma semelhante a do Parque dos Gaviões, na Bacia do Paranaíba.

HISTÓRICO

Em 2013, equipes da empresa ANDL Geofísica iniciaram um levantamento técnico para verificar a possibilidade de prospectar petróleo e gás no município. A empresa foi contratada pela ANP para realizar estudo geológicos em todo o Estado de Mato Grosso do Sul.

Na década 1960, a Petrobras perfurou ,às margens do Córrego do Palmito, um poço profundo visando achar petróleo em Três Lagoas.

 

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas

VEJA MAIS