MS

Idosos terão taxa diferenciada em renovação de CNH

"Os valores das taxas são os mesmos, por isso nada mais justo que cobrar mais barato dos idosos”, diz autor do projeto

Por Redação
21/09/2017 • 10h00
Compartilhar

O governo aprovou, nesta quinta-feira (21), lei que preve valores reduzidos, para pessoas de idade igual ou superior a 60 anos, na emissão, remissão ou renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Segundo o autor do projeto de lei, Renato Câmara, “O critério da proporcionalidade na cobrança das taxas decorre do fato de que o prazo de validade da CNH ou PPD para pessoas idosas é de no máximo três anos. Já para os cidadãos mais jovens o vencimento é cinco anos. Os valores das taxas são os mesmos, por isso nada mais justo que cobrar mais barato dos idosos”.

O Poder Executivo estabelecerá a forma de aplicação da nova regra, bem como o processo de ressarcimento ao contribuinte que tenha recolhido valor proporcionalmente superior ao efetivamente devido. Também caberá ao Estado estabelecer e regulamentar critérios sociais e financeiros, visando à gratuidade das taxas para os idosos que comprovem não possuir condições para arcar com a despesa.

(Informações da Agência ALMS)

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de MS

VEJA MAIS