Quase 60 Horas

Após 60 horas três seguem firmes na disputa por uma moto 0km

Lutando contra o sono três concorrentes permanecem firmes no reality show “Essa Honda é Minha!”

20/12/2018 22:49


Lutando contra o sono três concorrentes permanecem firmes no reality show “Essa Honda é Minha!”, realizado pelo Grupo RCN de Comunicação, em Três Lagoas. A competição chega a 60 horas,

No início da prova, 17 competidores foram sorteados para a disputa. Esta é quinta edição do reality.

Conheça os finalistas

Adriana Aparecida da Silva - Tem 31 anos, está desempregada e participa pela terceira vez do reality. Ela mora no bairro São Jorge.

Romulo Pereira Chaves - Tem 22 anos, trabalha como vigilante e mora no Jardim das Américas.

Silvano Marques dos Santos - Tem 50 anos, trabalha como repositor e mora no bairro Alto da Boa Vista.

Essa Honda É Minha em Paranaíba 

Em Paranaíba as 15h59 a paranaibense Luciana Cancio da Silva de 24 anos, sagrou-se campeã após o operador de máquinas, Josimar Francisco de Souza, 28, ser vencido pelo sol. Ela pretende vender a moto e utilizar o dinheiro pagar pagas contas. A quinta edição durou 43 horas e 55 minutos.

“Quando eu preenchi o cupom senti que Deus estava dando esse reality pra mim, para que eu pudesse limpar meu nome, por isso eu precisava fazer minha parte para conquistar o prêmio”, disse.

O reality, que foi realizado na Praça da República de Paranaíba, teve início às 20h05 de terça-feira (18) com 16 participantes.

Para Josimar, que pretendia utilizar o prêmio para investir na casa, a vida segue e ele se sente campeão. “Eu já sou campeão, só de ter vencido meu próprio recorde, mas a Luciana está de parabéns por ter suportado tanto”, pontuou.

As empresas parceiras do reality foram: Honda Cometa Motocenter, Coopar, Farmácia do Povo, Central Super, A Nacional, Centralpar Parafusos, Matecsul, A3 Super e A3 Veículos, Clínica Sorrir, Cultura FM, LR Auto Peças, Cometa Auto Peças, Vip Chinelaria e Farmácia do Povo, Líder Gás. Além disso, um dos sorteados foi doador de alimentos para a campanha “Natal Solidário”.


Marcelo Marcos