TRÊS LAGOAS

Programa prorroga inscrições e famílias ainda podem acolher crianças de abrigos

Fase de inscrições terminaria dia 18, mas Secretaria de Assistência Social amplia prazo até dia 30

22/01/2019 09:42


O prazo de inscrições com entrevista inicial de cadastro de novas famílias para adesão ao serviço de acolhimento familiar de crianças e adolescentes foi prorrogado até dia 31. Inicialmente, o prazo terminaria dia 18. A próxima etapa é a de capacitação das famílias que forem previamente habilitadas a participar deste serviço de acolhimento em Família Acolhedora.

As crianças e adolescentes que podem ser acolhidos pelas famílias inscritas são menores afastados do convívio da família de origem em decorrência de abandono, negligência ou maus-tratos por parte dos pais ou responsáveis legais.

Segundo a coordenadora do programa, em Três Lagoas, Flávia Amorim, a família fica com a criança por quase dois anos. "Neste período, a criança cria vínculos com uma família que algo bem diferente do que ela encontra dentro da Casa Lar, onde passam a morar depois que são retiradas de suas famílias biológicas", acrescenta.

As inscrições das famílias que se dispõem a este “serviço humanitário e solidário” devem ser feitas na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, que fica na avenida Aldair Rosa de Oliveira (na Circular da Lagoa Maior), de segunda-feira a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h.

O serviço de acolhimento em família acolhedora está previsto na Lei Municipal 3.296, de 12 de julho de 2017, que “dispõe sobre o serviço que organiza o acolhimento em residências de famílias previamente cadastradas e aptas, de crianças e adolescentes, afastados da família de origem mediante medida protetiva”.

Veja a matéria


Tatiane Simon