Voto Impresso

Presidente do Senado afirma que confia na urna eletrônica

Mas não descarta a possibilidade do voto impresso em 2022

15/06/2021 09:30


O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, afirmou que confia no atual sistema eleitoral no Brasil, mas admitiu a possibilidade de aprovar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) em tramitação na Câmara para eliminar dúvidas sobre a confiabilidade das urnas eletrônicas. A proposta da Câmara, não acaba com a urna eletrônica, mas inclui na Constituição um artigo que torna obrigatória a impressão de comprovantes físicos de votação, que devem ser depositados automaticamente em uma caixa de acrílico acoplada ao equipamento. Para que seja válida nas eleições de 2022, a medida precisa ser aprovada pela Câmara e pelo Senado até outubro deste ano.


Márcia Paravizzi