CORONAVAC

Saúde de Três Lagoas devolveu 1.500 doses da vacina Coronavac ao Estado

Vacina teve baixa procura dos moradores para receberem a 2ª dose

17/06/2021 11:16


A Secretaria de Saúde de Três Lagoas devolveu ao governo do Estado 1.500 doses da vacina Coronavac, diante da baixa procura de pessoas que já receberam a primeira dose do imunizante contra a Covid-19, porém não retornam às unidades para receberem a 2ª aplicação. De acordo com a Saúde do município, as vacinas foram devolvidas a pedido da Secretaria de Estado de Saúde.

A fila de pessoas que precisam ser imunizadas com a 2ª dose, é de 1 mil pessoas. Deste total, apenas 38 procuraram a Central de Imunização, no dia 9 de junho, durante ato para aplicação da 2ª dose, segundo o Setor de Imunização do município.

“São pessoas que deixam de entrar para a taxa de imunizados e com isto ficam ainda mais expostas ao risco de contrair a doença”, explica a coordenadora do Setor de Imunização, Humberta Azambuja.

Três Lagoas devolveu 800 doses foram ao estado de Mato Grosso do Sul, no dia 26 de maio e outras 700 doses foram devolvidas no dia 02 de junho para redistribuição em outros municípios que precisam.

“Não era justo armazenar tantas vacinas sendo que populações de outros municípios estavam precisando. Ficamos com um estoque de apenas 100 doses refrigeradas”, diz Humberta.

Uma nova chamada para aplicação da 2ª dose da vacina Coronavac está prevista para o dia 30 de junho.

A Secretaria de Saúde do Município informa que não é permitida a imunização dessas pessoas com uma vacina de outra fabricante, Astrazeneza ou Pfizer, por exemplo, conforme orientações do próprio Estado.

E, se acaso a procura pelas doses de Coronavac for maior que o estoque atual de Três Lagoas, a Secretaria de Estado de Saúde deverá ser comunicada sobre a demanda necessária para que tome as devidas providências.

Confira a reportagem: