EM CAMPO GRANDE

Mãe confessa ter afogado bebê que chegou morta em UPA

Mulher foi presa em flagrante e responde por homicídio doloso e estupro de vulnerável

23/06/2021 11:02


A mãe da bebê de cinco meses que chegou morta numa Unidade de Pronto Atendimento (UPA) confessou ter afogado a filha em Campo Grande.  Segundo informações da Polícia Civil, os médicos encontraram lesões que indicaram abuso sexual na vítima, mas a mulher negou ter visto qualquer sinal disso.

A mulher foi presa em flagrante e vai responder por crimes de homicídio doloso e estupro de vulnerável.

O caso foi descoberto na noite de terça-feira (22), depois que a própria mãe levou a bebê na UPA. Durante o atendimento médico, os profissionais então constataram os ferimentos e acionaram a polícia.


Giovanna Dauzacker