Sem Monitoramento

Câmeras de monitoramento estão desligadas, admite comando da PM

De acordo com o comandante da Polícia Militar, um contrato com a empresa que instalou as câmeras, em 2015, não foi renovado pela prefeitura

21/01/2017 11:36


Mais da metade das câmeras de monitoramento instaladas em Três Lagoas não estão funcionando por falta de manutenção, segundo o comandante da Polícia Militar na cidade, tenente-coronel James Magno de Morais.

De acordo com ele, um contrato com a empresa que instalou as câmeras, em 2015, não foi renovado pela prefeitura. O caso está em análise, de acordo com a assessoria do prefeito Ângelo Guerreiro (PSDB), que tomou conhecimento do problema nesta semana.

Das 35 câmeras compradas com recursos de compensação ambiental pela instalação de uma fábrica de fertilizantes nitrogenados da Petrobras na cidade, 13 não funcionam e parte do restante tem defeitos. Os equipamentos custaram R$ 1,2 milhão.

James Magno disse que o monitoramento por câmeras é importante para o combate à criminalidade. 


Ana Cristina Santos