O PREÇO

Quanto vale o apelo de uma família para o Governo de MS?

Governo recorre e diz não a família de menor de 14 anos que definha nas drogas

27/06/2017 18:55


O caso de um adolescente usuário de drogas que há meses está morando em uma praça de Paranaíba, (MS), tem chamado a atenção da população. Além de dependente químico, o garoto de 14 anos que, segundo a família está “jurado de morte” por traficantes, já acumula passagens na polícia por furtos e perturbação da tranquilidade no local. Debilitado, e por algumas vezes em estado de surto, o garoto deveria ter sido internado pelo Estado em uma clínica de reabilitação após determinação judicial que atendeu a pedido de internação compulsória feito pelos próprios familiares, sem condições financeiras e desesperados com a situação. Mas, o Governo do Estado recorreu da sentença por acreditar que R$ 17 mil, valor total do tratamento do adolescente em uma clínica especializada, “traria danos ao erário”. Ou seja, danos aos cofres públicos. A "propinocracia" é quem causa danos ao cofres e graves dano ao cidadão. Se continuar nas ruas, o adolescente caminha para dias ainda piores. É a ausência do estado gerando novas vítimas a cada dia. Assim, o governador Reinaldo Azambuja perde a chance de promover as transformações que tanto prometeu.


Redação