POLÍCIA

Homem é preso pela PM minutos depois de praticar roubo no Jardim Carioca

Ele rendeu a vítima com uma faca

Por Celso Daniel
31/01/2017 • 09h55
Compartilhar

Rafael dos Santos Gouveia de 35 anos foi preso na manhã desta terça feira (31) pela Polícia Militar de Três Lagoas após praticar um roubo.

Segundo informações policiais, a vítima – um homem de 59 anos – estava em uma residência no bairro Vila Carioca e por volta das 04h30 o suspeito invadiu o imóvel e com uma faca rendeu o proprietário da casa: “Ele colocou a faca no meu pescoço e começou a mandar que eu entregasse dinheiro pra ele, mas eu falei que não tinha nada e ele começou a me ameaçar..ele me deitou na cama e com a faca no pescoço ele disse que era pra entregar tudo que eu tinha, aí ele pegou uma pochete com minha carteira e levou”; contou a vítima a nossa reportagem.

Rafael dos Santos ainda tentou levar um botijão de gás, mas como o vasilhame estava vazio ele desistiu de carregar o objeto.

A vítima ainda contou que pegou um pedaço de madeira ao perceber que o bandido iria fugir e golpeou Rafael, que foi atingido na cabeça e na região das costas. Com a agressão, o bandido derrubou a faca e fugiu do local levando a pochete da vítima.

Rapidamente a polícia foi chamada e uma equipe da Rádio Patrulha, composta pelo sargento Aldair Coto, cabo Douglas e cabo Gilson realizaram diligências para tentar localizar o suspeito que foi abordado minutos depois em uma das ruas do Bairro Guanabara. Ele foi detido e a vítima reconheceu o suspeito.

Rafael dos Santos recebeu voz de prisão e foi levado até a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) para as providências legais. Na delegacia, de acordo com o delegado plantonista, como nada foi encontrado com o suspeito, o mesmo foi indiciado e em seguida liberado.

A vítima, em conversa com a reportagem do Pulseira de Prata do Canal 13 da TVC, agradeceu o empenho dos policiais militares em rapidamente encontrar o autor do roubo que agiu de forma bastante violenta.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Polícia

VEJA MAIS