POLÍCIA

Idosos morrem em hospital depois de serem atacados a tiros

Principal suspeito é o namorado da neta do casal

Por Celso Daniel
22/06/2017 • 00h43
Compartilhar

José Rodrigues Dias de 66 e Naide Carrilho Dias de 62 anos morreram depois de serem baleados na noite da quarta (21) em uma residência no Bairro Santa Rita em Três Lagoas. Eles foram levados gravemente feridos ao hospital, mas o casal não resistiu e morreu minutos depois de dar entrada na unidade de saúde.

Por volta das 20h10, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar foram chamados para atender uma ocorrência de disparos de arma de fogo em uma residência localizada na Rua 13 de junho,  no Bairro Santa Rita. Uma equipe de resgate dos Bombeiros e uma da Rotai chegaram juntas ao local e receberam a informação de que o casal teria sido ferido pelos disparos, mas foram socorridos pelo filho e pelos vizinhos de José Rodrigues e Naide Carrilho. Eles foram levados gravemente feridos até o hospital.

José Rodrigues morreu minutos depois de dar entrada na unidade de saúde e Naide Carrilho também não resistiu aos ferimentos e morreu logo depois do marido.



Na casa, os policiais militares receberam - através de testemunhas - a informação de que uma pessoa teria invadido a casa dos idosos e armado com uma pistola, começou a efetuar os disparos contra José Rodrigues e Naide Carrilho que estavam jantando na sala e assistindo televisão. O filho do casal - que também estava na residência - só não foi atingido porque estava tomando banho e saiu logo depois para socorrer os pais.

Após os disparos, o autor fugiu do local, carregando um capacete e recebeu - provavelmente - o apoio de um comparsa que estava esperando pelo atirador em uma motocicleta que estava estacionada próximo a casa das vítimas.  Os dois fugiram em seguida tomando rumo ignorado.

O local foi isolado até a chegada da perícia da Polícia Civil, comandada pela delegada Letícia Mobis.

O perito realizou os procedimentos e colheu evidências para a investigação do crime.



Cápsulas deflagradas de uma arma calibre 380 foram encontradas no local, além de projéteis alojados na parede da sala e na frente da porta da sala.

Marcas de sangue pelo chão e no sofá deixaram a evidência de que o autor realizou vários disparos contra as duas vítimas e o objetivo era de realmente matar as vítimas sem dar chance de escapar do atentado.

A polícia já tem um suspeito do crime - Alex Martins Teixeira de 29 anos - que é o namorado da neta de José Rodrigues e Naide Carrilho. Ele teria jurado de morte toda a família da adolescente de 15 anos, pois eles não aprovavam o relacionamento do suspeito com a menor.

Na terça (20), um boletim de ocorrência por violência doméstica foi registrado contra o suspeito. Ele teria agredido a menor com uma corrente de aço porque a menor teria recusado de passar a noite com o namorado. A queixa feita na Delegacia da Mulher provocou a ira do suspeito que - segundo testemunhas - no período da tarde da quarta (21), foi até a residência de JoséRodrigues e Naide Carrilho e ameaçou a família da menor dizendo que todos iriam morrer.


A Polícia Militar,  através das viaturas operacionais estão de prontidão para tentar localizar e deter o suspeito.

O caso do duplo homicídio será investigado através da Terceira Delegacia de Polícia Civil de Três Lagoas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Polícia

VEJA MAIS