POLÍCIA

Jovem é preso após furtar dez botijões de gás e fugir de carroça

Ele arrombou um depósito, no bairro Jardim das Oliveiras, em Três Lagoas, e foi preso no residencial Novo Oeste

Por Kelly Martins
26/06/2017 • 09h52
Compartilhar

Um jovem, de 21 anos, foi preso suspeito de furtar dez botijões de gás de um depósito, em Três Lagoas. Ele teria arrombado o portão de entrada do estabelecimento, localizado no bairro Jardim das Oliveiras, neste domingo (25), e usado uma carroça para fugir. De acordo com a Polícia Militar, os botijões foram levados para o apartamento do suspeito, no Residencial Novo Oeste, onde ocorreu a prisão em flagrante.

O proprietário do depósito foi até o local e verificou que o portão estava danificado, assim como as gaiolas usadas para guardar os botijões. Percebeu também que dez não estavam mais no local e registrou boletim de ocorrência na delegacia sofre o furto.

Ainda no domingo, um investigador da Polícia Civil que estava de folga recebeu denúncia anônima sobre o suspeito de praticar o crime e o local onde ele teria escondido os botijões. O investigador e o proprietário do depósito foram ao residencial. Lá, o policial  realizou vistoria no condomínio Tucano e encontrou o apartamento com nove botijões. No apartamento estava a mulher do suspeito, que confirmou à polícia que o marido praticou o crime.

Minutos depois, o suspeito chegou ao local e confessou o furto. Os policiais encontraram ainda o alicate usado para quebrar os cadeados do depósito de gás e o capuz que ele usou na ocasião. Isso porque o estabelecimento possui câmeras de segurança e o jovem teria virado uma delas para a parede na intenção de evitar registro das imagens. No entanto, outras câmeras estavam espalhadas pelo pátio, o que auxiliou na identificação.

O jovem também confessou que pegou a carroça emprestada do vizinho para transportar os botijões até o residencial. Ele foi preso e encaminhado para a delegacia.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Polícia

VEJA MAIS