POLÍTICA

TSE intima Chinaglia a cassar deputado infiel

Os ministros do TSE resolveram determinar a um oficial de Justiça que entregue a intimação por causa da resistência de Chinaglia a empossar Major Fábio

Por Redação
17/12/2008 • 07h35
Compartilhar

O presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT-SP), deverá ser intimado hoje pessoalmente por um oficial de Justiça para que, num prazo de 24 horas, emposse o suplente de deputado Major Fábio (DEM-PB) no lugar do deputado federal Walter Brito Neto (PRB-PB), punido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com perda do mandato por infidelidade partidária.

Os ministros do TSE resolveram determinar a um oficial de Justiça que entregue a intimação por causa da resistência de Chinaglia a empossar Major Fábio. Apesar de o tribunal ter determinado em março a perda do mandato de Brito, o deputado continua no cargo até hoje. Em caso de novo descumprimento, o TSE já avisou que enviará cópias de todo o processo para o Ministério Público Federal para que sejam apuradas eventuais ilegalidades cometidas pelo presidente da Câmara.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Política

VEJA MAIS