VARIEDADES

Maiara e Maraisa revelam cachê de R$300 mil por show e empregam 200 funcionários

Cantoras têm papo descontraído com Pedro Bial no 'Conversa com Bial'

Por Redação
18/05/2017 • 08h26
Compartilhar

Elas são conhecidas como rainhas da sofrência e têm o maior orgulho disso. Ao serem questionadas por Pedro Bial no Conversa com Bial que irá ao ar nesta quinta-feira (18/5) se elas são precursoras do sertanejo feminino, Maiara e Maraisa ousam em afirmar: "Difícil falar agora, mas o pontapé foi da gente com a Marília Mendonça". Apesar do sucesso, Maraisa confessa que quase desistiu da carreira com a irmã.
"Escutávamos que dupla feminina não existe. Mas falavam na cara mesmo, aconselhavam para a gente fazer outras coisas na vida, como só compor, por exemplo" (Maraisa)

Mas ainda bem que as irmãs não ouviram os conselhos e seguiram a própria intuição. Viram que a paixão estava em cantar e estar em cima do palco, rodando o Brasil inteiro. "Chegamos a fazer 31 shows no mês e fomos ver o tamanho que é o Brasil e como é diferente a cultura", afirma, Maiara.

"Cada vez mais é um degrau para subir" (Maraisa)

Em breve, as irmãs irão, pela primeira vez, para o exterior e não param de pensar nisso. "A gente está o tempo só falando disso. O que vamos usar, vestir...", contam, aos risos.

Apesar do cachê recheado de R$300 mil, Maraisa diz que ela e a irmã não estão embriagadas pelo sucesso. "A gente divide o cachê entre a gente, escritório, sócios, funcionários. Hoje, geramos uns 200 empregos mais ou menos.", constatam.

"A gente aprendeu um pouco de malícia nessa vida" (Maiara)

(Informações (GShow)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Variedades

VEJA MAIS