Três Lagoas, 17 de setembro
30º C
(67) 99229-0519

Petrobras prorroga prazo para interessados na compra da UFN 3

Companhia estendeu prazo para assinatura de acordo de confidencialidade referente venda das fábricas de fertilizantes

Por Ana Cristina Santos
28/09/2017 • 19h41
Compartilhar

A Petrobras anunciou na tarde desta quinta-feira (28) que prorrogou até 13 de outubro o prazo para interessados nas fábricas de fertilizantes de Três Lagoas e da Araucária Nitrogenados do Paraná consultarem informações sobre os ativos que estão à venda.

A prorrogação do prazo, segundo a estatal, deve-se ao interesse do mercado em participar do processo. “Será prorrogado para 13 de outubro o prazo para assinatura de Acordos de Confidencialidade e demais declarações previstas na Divulgação da Oportunidade (Teaser) para acessar as informações técnicas, legais e financeiras referentes ao processo de desinvestimento de 100% de participação na Araucária Nitrogenados S.A. ("ANSA") e na Unidade de Fertilizantes Nitrogenados III ("UFN-III")”, diz a nota.

Ainda segundo a Petrobras, a divulgação está em consonância com a sistemática para desinvestimentos da companhia, que foi revisada e aprovada pela diretoria executiva da companhia e está alinhada às orientações do Tribunal de Contas da União (TCU).

JPNEWS: CONQUISTA SEGUROS BONIFICAÇÃO CONTRATO 37546
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O edital de venda das fábricas de fertilizantes foi publicado no dia 11 deste mês.

A empresa que pretende participar do processo de licitação, obrigatoriamente tem que ser do ramo. Um dos critérios estabelecidos no edital de venda da fábrica é que o potencial investidor atue como produtor no segmento de fertilizantes nitrogenados.

Além disso, tem que possuir patrimônio líquido mínimo de US$1 bilhão. Os investidores financeiros necessariamente deverão estar em consórcios formados com empresas produtoras do setor de fertilizantes nitrogenados e deverão possuir no mínimo US$1 bilhão de valor de ativos sob sua gestão.

A empresa, ou consórcio vencedor deverá, obrigatoriamente concluir as obras da UFN3, paralisadas em dezembro de 2014.

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS