RÁDIOS
Campo Grande, 14 de julho

Indústria de MS gerou 8,8 mil vagas neste ano

Balanço da Fiems aponta que em outubro foram 757 postos formais de trabalho

Por Rosana Siqueira
07/12/2021 • 10h30
Compartilhar

Mato Grosso do Sul registrou neste ano a abertura de 757 postos formais de trabalho no mês de outubro, resultado de 6.406 contratações e 5.649 demissões. Já no acumulado de janeiro a outubro, são 8.894 empregos no setor industrial, advindos de 61.907 contratações e 53.013 cancelamentos. Com esse desempenho, o conjunto da atividade industrial foi responsável por 24% do total de vagas abertas no Estado no período indicado.

As atividades que mais abriram vagas no mês de outubro foram construção de edifícios (+166), construção de rodovias (+96), manutenção e reparação de tanques metálicos e caldeiras (+91), abate de suínos (80), fabricação de celulose (+77), confecção de peças do vestuário (+53) e montagem de estruturas metálicas (+50).

Já as atividades que mais abriram vagas no acumulado de janeiro a outubro foram construção de edifícios (+1.286), fabricação de celulose (+1.193), construção de rodovias (+825), fabricação de álcool (+473), obras de alvenaria (+388), fabricação de brinquedos e jogos recreativos (+383), obras de terraplanagem (+292), confecção de peças do vestuário (+287), instalação e manutenção elétrica (+264) e produção de ferro-gusa (+204).

CBN: BANNER DIGIX 01.01 A 30.06.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da FIEMS, Ezequiel Resende, o conjunto das atividades industriais em Mato Grosso do Sul encerrou outubro de 2021 com o total de 138.633 trabalhadores empregados. “Indicando, até aqui, um aumento de 6,86% em relação ao fechamento do ano anterior, quando o contingente ficou em 129.739 funcionários”, afirmou.

Com isso, a atividade industrial responde por 24,7% de todo o emprego com carteira assinada (CLT) existente em Mato Grosso do Sul, ficando atrás do segmento de Serviços que emprega 209.587 trabalhadores com participação equivalente a 37,3% e Comércio com 140.985 empregados ou 25,2%.

Municípios que mais empregaram

Em relação aos municípios, constata-se que em 56 deles as atividades industriais registraram saldo positivo de contratação no período de janeiro a outubro de 2021, proporcionando a abertura de 10.037 vagas. Entre as cidades com saldo positivo de pelo menos 250 vagas, destacam-se: Campo Grande (+2.297), Três Lagoas (+1.497), Aparecida do Taboado (+817), Dourados (+706), Ribas do Rio Pardo (+535), Água Clara (+396), Naviraí (+336), Corumbá (+315) e Rio Brilhante (+279).

As atividades que mais contribuíram nos municípios indicados foram fabricação de celulose, construção de rodovias (+442), fabricação de brinquedos e jogos recreativos (+390), obras de alvenaria (+284), fabricação de álcool (+269), obras de terraplanagem (+201), instalação e manutenção elétrica (+192), fabricação de açúcar (+186), confecção de peças do vestuário (+185), produção de ferro-gusa (+185), abate de aves (+139) e abate de suínos (+123), fabricação de embalagens de material plástico (+118), extração de minério de ferro (+125) e construção de edifícios (+113).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande