Paranaíba, 22 de setembro
29º C
(67)99272-4655

Dupla é presa por tráfico de drogas no Jardim Karina

O homem de 44 anos já era investigados pela polícia por tráfico de drogas

Por Talita Matsushita
12/12/2017 • 15h17
Compartilhar

Dois homens foram presos na segunda-feira (11) por volta das 22h por tráfico de drogas, durante investigação da Polícia Civil de Paranaíba (MS). O caso ocorreu na rua Geraldo de Brito, no Jardim Karina. Foram presos um homem de 44 anos, auxiliar de escritório, que vendia as drogas e um auxiliar de serviços gerais de 44 anos, que compava a droga. Foram apreendidos 311 gramas de crack.

Segundo boletim de ocorrência, policiais receberam a informação de que em uma residência havia grande fluxo de pessoas e o local era usado para tráfico de drogas e montaram uma campana para acompanhar a movimentação e viram vária pessoas conversando com um homem e saindo rapidamente. Em seguida, conforme a Polícia, ele foi até um terreno em frente à residência e saiu sentido rua Warton Barbosa, margens da rodovia MS 240, momento em que um veículo Fiat Palio de cor branca  parou em frente a residência, mas como não havia ninguém foi até o local onde o homem estava.

Durante acompanhamento ao veículo os investigadores flagraram o homem em contato com o ocupante do veículo, um auxiliar de serviços gerais de 44 anos, momento que foram abordados pelos investigadores.

No interior do veículo foi encontrado aproximadamente 38 gramas de crack, além de mais 273 gramas de crack que estavam no terreno baldio em frente a sua residência.

O homem de 44 anos já era investigados pela polícia por tráfico de drogas, em uma das ações conjuntas da Polícia Civil e Polícia Militar na Operação Divisa Segura 4, mas foi liberado após audiência de custódia.

A droga e os envolvidos foram levados para a Delegacia de Polícia para as devidas providências.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Cultura FM 106,3 - Paranaíba

VEJA MAIS