RÁDIOS
Três Lagoas, 27 de fevereiro

Após denúncias de desmanches, oficinas viram alvo de fiscalização

Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil deverá vistoriar mais de 30 oficinas mecânicas localizadas em Três Lagoas

Por Kelly Martins
25/02/2017 • 09h00
Compartilhar

Todas as oficinas mecânicas de Três Lagoas deverão ser fiscalizadas pela Polícia Civil até a próxima semana. Isso porque diversas denúncias foram encaminhadas ao Setor de Investigações Gerais (SIG) de que esses estabelecimentos estão servindo de desmanches de veículos furtados e roubados no interior paulista. Por ser uma região que fica na divisa entre Mato Grosso do Sul e São Paulo, carros e motos estariam sendo encaminhados ao município, cujas peças adulteradas, vendidas ou trocadas por drogas no Paraguai. 

“Nas últimas semanas diversas pessoas procuraram a delegacia para informar este tipo de ocorrência. Uma equipe do SIG já iniciou a vistoria na quarta-feira (22) e o objetivo é atingir todas as oficinas localizadas no Centro e nos bairros”, declarou o delegado titular Ailton Pereira. Estima-se  que tem mais de 30 oficinas espalhadas pela cidade. Até esta sexta-feira (24) dois veículos foram apreendidos com sinais de adulteração no motor e chassi. A suspeita ainda é investigada pela Polícia Civil. Um jovem, de 22 anos, dono de um dos automóveis, acabou preso.

Ailton Pereira contou que a apreensão ocorreu em uma oficina mecânica, que fica na rua Maria Guilhermina Esteves, bairro Vila Zukão. Os policiais civis realizavam a fiscalização quando encontraram os dois carros que, segundo o proprietário do estabelecimento, estariam no local para manutenção. 

JPNEWS: BANNER RCN NOTICIAS PATROCINADO ATUALIZADO 23.02.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Um dos donos dos veículos foi encontrado, mas acabou preso em flagrante por tráfico de drogas. “Após constatar a suspeita nos carros, fomos atrás dos proprietários. Um deles foi localizado, trabalha como mecânico, e a intenção era fazer diligências na residência dele para verificar se tinha petrechos de adulteração. Foi quando, para a nossa surpresa, flagramos sete tabletes de crack”, relatou. O delegado disse ainda que o carro do suspeito foi vistoriado e mais seis quilos de maconha, além de uma balança foram apreendidos. O material estava enrolado em uma sacola e escondido dentro do som automotivo.

 “A situação é preocupante levando em consideração o aumento no número de veículos furtados e roubados em Três Lagoas, nos últimos dois anos. Entretanto, também estamos trabalhando nessas ocorrências e no combate. Importante destacar que o número de veículos recuperados na região também aumentou”, observou o delegado. 

ESTATÍSTICA
O número de veículos roubados e furtados em Três Lagoas, em 2016, foi o maior dos últimos três anos, segundo levantamento feito pelo Jornal do Povo com base nos dados estatísticos disponibilizados pela Polícia Civil. O aumento foi de 98% no comparativo. No ano passado ocorreram 178 crimes dos tipos na cidade, contra 106 ocorrências no ano anterior e 90 em 2014. 

O levantamento aponta que esses tipos de crimes ocorrem com maior frequência no centro, além de alguns bairros. Por outro lado, conforme a Delegacia Regional, 60% dos veículos levados por criminosos são recuperados. Há casos em que assaltantes fogem com o carro das vítimas após assaltos a residências e só usam o veículo para carregar os produtos roubados. Depois, são abandonados. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas