RÁDIOS
Três Lagoas, 19 de maio

Contrabando rende US$ 69,17 mi

Por Da Redação
12/11/2008 • 07h00
Compartilhar
TODAS AS PRAÇAS: BOX INTERNA NESCAU ATÉ 31.12.24

A quarta edição da pesquisa Ibope intitulada "O impacto da pirataria no setor de consumo no Brasil", sobre consumo de produtos piratas no país, encomendada pela Câmara de Comércio dos Estados Unidos, pelo Conselho Empresarial Brasil-EUA e Angardi, revelou que as vendas desses produtos representaram uma perda de R$ 18,6 bilhões em impostos nos 12 meses encerrados em setembro.

A pesquisa ouviu 1.715 consumidores e considerou sete setores da indústria nacional. Considerando os brasileiros que admitiram comprar produtos piratas, houve queda em relação ao ano passado, quando 75% dos entrevistados compravam produtos piratas. Este ano, o índice ficou em 65%. A queda mais acentuada aconteceu no ramo de brinquedos. O número de pessoas que compraram esse tipo de produto caiu de 199.107, em 2007, para 88.017, este ano, o que equivale a uma queda de 46%.

Houve também a perda de receita da indústria, que pode chegar a R$ 62,4 bilhões considerando apenas os setores de tênis, roupas e brinquedos. Quando entram na conta os relógios, perfumes e cosméticos, jogos eletrônicos e peças para motos, as perdas podem chegar a R$ 93,1 bilhões, em 2008.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas