RÁDIOS
Três Lagoas, 21 de maio

Reality põe moto 0km em disputa

Competidores terão prova de resistência promovida pelo Grupo RCN de Comunicação; inscrições começam em novembro

Por Steffany Pincela
28/10/2017 • 08h58
Compartilhar
TODAS AS PRAÇAS: BOX INTERNA NESCAU ATÉ 31.12.24

O Grupo RCN de Comunicação prepara a edição deste ano do reality show “Essa Honda é Minha” em parceria com a empresa Honda Mototrês, revendedora da marca em Três Lagoas. Quinze competidores vão disputar uma prova de resistência, a partir do dia 19 de dezembro, na praça Ramez Tebet, e aquele que permanecer por mais tempo em cima de uma moto vencerá e receberá o veículo como prêmio.

O reality será dividido em quatro etapas. A primeira é a inscrição e seleção dos competidores. Para participar, é necessário fazer compras em lojas parceiras da promoção, preencher um cupom e colocar em uma urna. 

A segunda etapa será anunciada nos próximos dias, com outras formas de inscrição - que também exigirão sorte e capacidade. Na terceira fase serão escolhidos os 15 competidores  durante a programação da TVC – Canal 13. “Durante a prova será proibido comer, colocar os pés no chão e se comunicar com quem está de fora ou com outros competidores. Por isso, cada participante assina um termo de responsabilidade. No local teremos uma equipe médica para verificação das condições de saúde dos concorrentes a cada cinco horas”, afirma o coordenador artístico do Grupo RCN, Fernando Moraes.

JPNEWS: BANNER FESTIVAL BEER EM BLUES 14/05 A 23/05/2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

GANHADORES

Julio Cesar ganhou um carro no 1º reality,em 2014

O vencedor do primeiro reality, em 2014, foi o piauiense Julio César do Nascimento Souza, de 27 anos. Ele ganhou um carro 0Km ao permanecer 56 horas e 28 minutos sem sair. 

No ano seguinte, a ganhadora foi a camareira Lucimar Brito, que resistiu a 61h de prova, e conquistou uma moto 0km. 

Nesta semana ela falou do reality. “Eu me lembro de tudo o que aconteceu durante a prova. Apesar do sono, que foi a minha maior dificuldade, fiquei lúcida todo o tempo. O que mais me marcou foi quando caiu a ficha que eu tinha ganho a moto,” relembrou.

Lucimar disse também que a moto é a “queridinha” e que não pensa em vender. “É a minha companhia do dia a dia. Já recebi várias propostas de venda, mas tenho um carinho muito grande pela minha moto,” disse.

Lorena Figueiredo ficou 53h em cima da moto, em 2016

Ano passado, a estudante Lorena Figueiredo, de 20 anos, ficou por 53 horas em cima da moto e ganhou o prêmio. “O reality mudou muito minha vida. Me deu oportunidades que nunca pensei em conquistar, inclusive, um novo emprego. Me fez ver a força que tem uma mulher quando sabe onde quer chegar, me reconheci muito mais”, disse. Lorena foi contratada pela Honda Mototrês pouco tempo depois do reality.
A estudante disse que valeu a pena o esforço. “Lembro desde a hora que saí de casa, de quando cheguei na praça, do público presente dando força, das emoções que senti. Me dá até saudade". 

E ela dá dicas aos participantes deste ano. “Foquem no objetivo, não só pelo bem material e, sim, por tudo que vocês passam desde o início da prova até o resto da vida. A prova vai ser um sucesso, mais uma vez,” concluiu. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas