RÁDIOS
Três Lagoas, 20 de maio

YouTube vai controlar acesso à vídeos com cenas de sexo

O YouTube afirmou que restringirá arquivos sexualmente sugestivos

Por Redação
04/12/2008 • 15h55
Compartilhar
TODAS AS PRAÇAS: BOX INTERNA NESCAU ATÉ 31.12.24

O site de vídeos YouTube anunciou nesta semana uma série de medidas para evitar que os usuários vejam conteúdo inapropriado - principalmente ligado a sexo - em suas páginas. “Nossa meta é garantir que o conteúdo seja relevante e que o internauta não se depare inadvertidamente com vídeos que fujam dessa proposta”, divulgou o serviço ligado ao Google.

O YouTube, que remove cenas de sexo explícito quando esse conteúdo é denunciado, afirmou que restringirá arquivos “sexualmente sugestivos, mas não proibidos” aos maiores de 18 anos.

“Quando um arquivo é restrito para maiores, um alerta será exibido, indicando que só pessoas com mais de 18 anos poderão assisti-lo. Para reduzir as chances de os usuários assistirem ao conteúdo acidentalmente, ele será excluído de algumas seções do YouTube, como a página dos mais vistos”, diz o texto sobre as mudanças. O site usará algoritmos para evitar que esse conteúdo entre nesses rankings que indicam popularidade.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas