RÁDIOS
Mato Grosso do Sul, 16 de abril

6 medidas realmente eficazes para se livrar de soluços

Livre-se deles de uma vez por todas com nossas dicas

Por Redação
29/12/2017 • 09h30
Compartilhar

É difícil encontrar algo mais irritante que os soluços. Eles são o resultado de uma contração involuntária do diafragma. “O nervo frênico, localizado no pescoço, é responsável por sincronizar a inspiração e a expiração, expandindo e contraindo o tórax e os pulmões através do diafragma. Quando esse músculo é acionado de maneira descoordenada e fora do ritmo da respiração, o soluço aparece”, explica Fausto Nakandakari, otorrinolaringologista do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

O espasmo ocasiona o fechamento da glote – uma pequena abertura na laringe – o que prejudica a passagem de ar para os pulmões, resultando naquele som alto e agudo que todas nós conhecemos.

Mas qual a causa dessas contrações involuntárias? Elas podem acontecer por diversos motivos, entre eles a dilatação do estômago por excesso de comida, a ingestão de bebidas gaseificadas, o consumo de bebidas alcoólicas, a deficiência de cálcio e potássio, o estresse, o refluxo e as inflamações respiratórias.

RCN 67: BANNER BAND FM
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Apesar de chatos, os soluços não requerem uma intervenção médica. Em vez disso, você pode colocar em prática algumas medidas caseiras capazes tanto de acelerar a frequência respiratória e ressincronizar o funcionamento do diafragma com a respiração quanto de relaxar o músculo.

1. Beber água de ponta cabeça
2. Engolir um pedaço médio de miolo de pão
3. Prender a respiração
4. Ingerir uma colher de sopa de açúcar
5. Cutucar (delicadamente) a úvula com a ajuda de uma colher ou escova de dente
6. Levar um susto

Se o problema persistir por mais de 3 horas seguidas, procure um médico, pois os soluços persistentes podem ser sinal de complicações mais sérias.

(mdemulher)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Últimas Notícias