RÁDIOS
Campo Grande, 25 de junho

Congresso Brasileiro de Espeleologia homenageará Lélia Rita de Figueiredo

Ativista cultural é responsável pelos primeiros estudos que resultaram na proteção de grutas, como a Lagoa Azul, em Bonito

Por Ingrid Rocha/CBN
18/06/2019 • 08h36
Compartilhar

O 35º Congresso Brasileiro de Espeleologia será realizado pela primeira vez em Bonito. Evento começa no dia 19 de junho e termina no dia 22. Nesta edição a responsável pelas primeiras iniciativas e estudos que resultaram no tombamento e proteção das grutas de Bonito, em especial a do Lago Azul, até então desconhecidas na década de 1980, a ativista cultural, poética e escritora Lélia Rita Euterpe de Figueiredo Ribeiro será homenageada.

A Lélia de Figueiredo teve papel importante para as bases do turismo na região e na preservação das cavernas até então desconhecidas. Em 1982, Lélia de Figueiredo apresentou à comunidade espeleológica, durante congresso em São José dos Campos (SP), uma sessão de slides do Lago Azul e Nossa Senhora Aparecida.

A ativista cultural intercedeu para a compra das duas grutas pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, as quais ficaram sob a responsabilidade da MSTUR (Empresa de Turismo de Mato Grosso do Sul). Quando diretora do Departamento de Cultura de Mato Grosso do Sul, da Secretaria de Desenvolvimento Social, providenciou o primeiro mapa da Gruta do Lago Azul.

Em seguida, Lélia de Figueiredo apresentou ao Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) o projeto Preservação e Adequado Manejo Turístico das Grutas de Bonito, proposta aprovada em 1984 que suscitou os estudos mais detalhados dos monumentos naturais e deu base para o seu uso turístico adequado.

O Congresso

O 35º Congresso Brasileiro de Espeleologia tem como tema “Carste, cavernas e água para os próximos 50 anos”, e será realizado no Centro de Convenções de Bonito (CCB). Entre as palestras, estão: "O licenciamento ambiental no contexto da Serra da Bodoquena: Singularidades e lacunas deste contexto"; "Geologia da Serra da Bodoquena e os 40 anos de atividades espeleológicas na região"; "Espeleomergulho no Brasil e as cavernas subaquáticas da Serra da Bodoquena"; "Cavernas como lugares de memórias" e "Cavernas: Atlas do Brasil Subterrâneo".

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande