Campo Grande, 27 de outubro
25º C
(67) 99229-0519

Estabelecimentos terão que avisar se queijo for “fake”

Assembleia aprovou projeto, que espera agora sanção do governador

Por Ingrid Rocha
14/10/2021 • 11h10
Compartilhar

Foi aprovado em segunda discussão o projeto que obriga os estabelecimentos comercias de Mato Grosso do Sul informarem sobre a utilização de produtos análogos ao queijo, requeijão e outros lácteos no preparo de alimentos. A ideia é que ao vender o produto, o cardápio tenha a seguinte mensagem: “Este produto não é queijo”, o mesmo vale para outros alimentos. A proposta segue agora para a sanção do governador Reinaldo Azambuja.

Os parlamentares ainda aprovaram a Semana de Conscientização, Prevenção e Combate ao Stalking e o estabelecimento do “Março Roxo”, para conscientização obre epilepsia. A última ainda vai a Redação Final por ter sofrido emendas.

Em segunda discussão tinha ainda a proposta para instituir política estadual de atenção a saúde mental das vítimas da covid-19, mas foi retirada de votação pelo autor, deputado Marçal Filho (PSDB).

Novamente em 1ª discussão foi retirado o projeto para instituição do Dia Estadual da Segurança do Paciente. A proposta é do deputado Felipe Orro (PSDB) e devido a ausência dele na sessão, não entrou em votação.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande