Três Lagoas, 27 de setembro
29º C
(67) 99229-0519

Fila dobra quarteirão para saque da conta inativa do FGTS em Três Lagoas

Beneficiários chegaram cedo nas agências da Caixa, neste sábado (10), para abertura atencipada dos bancos

Por Kelly Martins
10/06/2017 • 08h50
Compartilhar

Nem mesmo o friozinho na manhã deste sábado (10), em Três Lagoas, quando os termômetros chegaram a registrar 8°C, impediu os trabalhadores de realizarem o saque da conta inativa do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Às 7h a fila já estava gigante e virava o quarteirão, na rua Paranaíba, no Centro da cidade. Todos aguardando nas calçadas a abertura da agência da Caixa Econômica Federal às 9h.

Neste sábado o atendimento em horário especial é por conta da liberação antecipada da 4ª fase do programa. As agências ficarão abertas até às 15h para atender a população. O benefício vai estar disponível para os trabalhadores que nasceram em setembro, outubro e novembro. Para quem optou pelo crédito em conta, a liberação dos recursos também será antecipada.

De acordo com a Caixa, a liberação estava prevista para começar em 16 de junho, porém, foi antecipada em função do feriado de Corpus Christi (15). Também haverá atendimento exclusivo em horário especial na segunda (12), terça (13) e quarta-feira (14), quando todas as agências do banco abrirão duas horas mais cedo (8h).

Ao todo, 7,5 milhões de trabalhadores têm direito a sacar recursos de contas inativas nesta quarta fase, no país. 

Documentação e Saques

Agências Caixa: número de inscrição do PIS/PASEP, documento de identificação do trabalhador e comprovante finalização do contrato de trabalho (CTPS ou termo de rescisão do contrato de trabalho).

Correspondentes Caixa Aqui e Lotéricas: valores até R$ 3.000 podem ser retirados apresentando documento de identificação do trabalhador, Cartão do Cidadão e senha.

Autoatendimento: para valores até R$ 1.500, com a senha do Cartão Cidadão e valores até R$ 3.000 com Cartão do Cidadão e senha.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS