TRÊS LAGOAS

Três Lagoas, 05 de agosto
22º C
(67) 99229-0519
JPNEWS: SENAR PI 1507

Projeto de combate ao suicídio em escola identifica 60 casos de automutilação no ano

‘Fortalecendo vínculos’ é desenvolvido há um ano na Escola Estadual João Magiano Pinto, em Três Lagoas

Por Tatiane Simon
13/11/2018 • 16h39
Compartilhar

O projeto de combate ao suicídio, depressão e automutilação “Fortalecendo vínculos” desenvolvido na Escola Estadual João Magiano Pinto (Jomap), em Três Lagoas, completa neste mês um ano. Neste período, segundo avaliação da diretora escolar, Lourdes Neri, foi possível identificar 60 casos de automutilação entre os estudantes com idade entre 12 e 17 anos.

“Em alguns casos, as vítimas eram reincidentes e em outros não voltavam a cometer. Felizmente, o que observamos, é que quando integramos família e escola, começos a reduzir essas práticas. Os números ficaram mais evidenciados ao longo do tempo porque passamos a deixar ele em voga”, explica.

Ao longo do ano, vários temas foram abordados em palestras e encontros com os alunos, pais, professores e voluntários. O projeto conta com o apoio voluntário de cinco psicólogos, além de um grupo de profissionais voluntários de servidores da Secretaria Estadual de Educação e o apoio da prefeitura.

Uma palestra será realizada nesta terça-feira (13) às 19h na escola. O evento é destinado para os alunos e pais.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews Três Lagoas

VEJA MAIS