Três Lagoas, 27 de setembro
29º C
(67) 99229-0519

Ultrapassagem mal sucedida pode ter provocado acidente na BR-262

Nomes de todas as vítimas foram divulgados. Duas pessoas faleceram no local

Por André Barbosa
29/09/2017 • 16h51
Compartilhar

A Polícia Rodoviária Federal confirmou na tarde desta sexta-feira (29), que a causa do acidente que tirou a vida de duas mulheres, pela manhã, foi em decorrência de uma possível ultrapassagem mal feita, resultando em uma colisão frontal.

Os dois carros envolvidos possuíam placas de São Paulo (Honda Civic verde) e Campo Grande (Siena prata). Faleceram no local, Rosalina Ramos Guarani, de 55 anos que estava no Siena e Cícera Maria de Souza de 57 anos que estava no outro veículo. Ficaram feridos, o esposo de Rosalina, Nilton Souza Guarani de 58 anos, José Benedito Dantas, 57 (Civic) e Maria Ilda Marcelino de Souza de 59 anos.

Todos os feridos estão em condição estável, no Hospital Auxiliadora em Três Lagoas, segundo o Corpo de Bombeiros local. Eles foram socorridos também pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O acidente ocorreu por volta das 9h30 quando os automóveis seguiam pelo trecho de Agua Clara.

Os Bombeiros confirmaram que chovia no momento em que atenderam a ocorrência. A pista chegou a ficar interditada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) por uma hora. Depois foi liberada para o tráfego de veículos.

O trânsito na região é intenso e o acidente gerou uma fila de dois quilômetros na rodovia.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS