Três Lagoas, 28 de setembro
30º C
(67) 99229-0519

Vacina contra HPV é liberada para homens e mulheres de até 26 anos

Ministério da Saúde amplia faixa etária para imunização em cidades com estoque; Três Lagoas é uma delas

Por Tatiane Simon
21/08/2017 • 11h39
Compartilhar

Determinação do Ministério da Saúde publicada na última sexta-feira (18) de que homens e mulheres com idade de até 26 anos poderiam receber a vacina contra o HPV em municípios que possuem estoque beneficia moradores de Três Lagoas. Com a ampliação da faixa etária, a Secretaria Municipal de Saúde  de Três Lagoas, por meio da Coordenação do Setor de Imunização, passa a imunizar esta fatia da população, a partir desta segunda-feira (21). De acordo com o Ministério da Saúde, a ampliação da faixa etária é vália para os municípios que possuem doses da vacina contra o HPV em estoque, com prazo de validade até setembro de 2017.

Como o município de Três Lagoas está inserido nessas condições de estoque de vacinas, homens e mulheres entre 15 e 26 anos poderão receber a vacina contra HPV, pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A vacina pode ser encontrada, no município, em todas as unidades básicas de Saúde (Postinhos) e equipes de vacinação estão também visitando as escolas, em campanhas pré-agendadas junto à direção escolar.

Com o fim dos estoques a vencer, a orientação do Ministério da Saúde é que a vacina continue sendo administrada apenas ao público-alvo (meninos e meninas de 9 a 15 anos).

“Apesar dos esforços de divulgação, as coberturas vacinais continuam abaixo da meta preconizada de 80%. Isso se dá porque a vacinação na adolescência tem uma série de dificuldades, como a resistência desse grupo etário de buscar uma unidade de saúde, especialmente para vacinar-se, e o baixo conhecimento sobre a importância da vacinação”, destacou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

A vacina HPV (sigla inglesa para Papiloma Vírus Humano) é segura, eficaz e é a principal forma de prevenção contra o aparecimento do câncer do colo de útero, considerada a quarta maior causa de morte entre as mulheres no Brasil.

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de JPNews

VEJA MAIS