RÁDIOS
Campo Grande, 15 de julho

Após 13 anos, Porto Seco de Campo Grande ainda não decolou

Viabilização do local depende de melhoria na logística e aduana da Receita

Por Rosana Siqueira
17/11/2021 • 07h33
Compartilhar

Após 13 anos desde o lançamento, o Terminal Intermodal de cargas de Campo Grande, ainda não entrou em operação. A obra foi concluída no início de dezembro do ano passado e entregue para o consórcio Park X, que foi selecionado para administrar o local. Entretanto, o Porto Seco ainda não iniciou as atividades, que tinham estimativa de movimentar até 2,2 milhões de toneladas anuais de mercadorias.

O terminal tem uma área de 65 hectares localizada às margens do macroanel, trecho que liga as saídas para São Paulo, Sidrolândia e Corumbá. 
A obra levou 13 anos para ficar pronta, sendo que ficou 7 anos parada e só foi destravada em 2018 pela atual gestão.

Segundo o economista Normann Kalmus, que é especialista no assunto, o local está pronto pela parte da Prefeitura, mas para se caracterizar como porto seco precisa de uma aduana da Receita Federal e viabilizar a retomada da. ferrovia Malha Oeste

Para não fazer do local um novo 'elefante branco', a Sidagro em conjunto com outras secretarias do município estuda alternativas de utilização do espaço, que consumiu R$ 30 milhões. Uma delas é a retomada da Ferrovia, que está sem empresa responsável. O contrato é de responsabilidade do governo federal, que deve licitar uma nova empresa.

CBN: BANNER DIGIX 01.01 A 30.06.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Recentemente e agenda do executivo da Capital em Brasília, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas afirmou que existem grupos interessados no projeto.

Conforme a subsecretária de Gestão e Projetos Estratégicos, Catiana Sabadin, a reunião buscou saber como fica a situação da Malha Oeste, com o novo marco regulatório. O encontro aconteceu entre o prefeito Marquinhos Trad (PSD), o ministro da Infraestrutura e a ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

“Estamos muito interessados devido à ativação dessa ferrovia, pelo nosso terminal intermodal de cargas localizado ali”, lembrou. O terminal foi entregue em dezembro de 2020 e tem estimativa de movimentar até 2,2 milhões de toneladas de mercadoria por ano.
Assim, a subsecretária afirmou que existem grupos interessados no projeto. Eles também já estão fazendo estudos internos e devem ter boas notícias até o final do ano.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande