RÁDIOS
Campo Grande, 19 de abril

Cortes nos investimentos de pesquisas científicas podem atrasar o país, afirma presidente do Conselho de Reitores de MS

Impactos para o estado vão desde área de alimentação até saúde

Por Loraine França
16/08/2018 • 13h51
Compartilhar

A possibilidade de cortes nos orçamentos da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) gerou repercussões no país há algumas semanas. A redução dos investimentos no CNPq, por exeomplo, considerada a principal agência de fomento à pesquisa científica no país, cairia de R$1,2 bilhão para R$800 milhões.

A CBN Campo Grande conversou com o presidente do Conselho de Reitores das Instituições de Ensino Superior de Mato Grosso do Sul, Fábio Edir dos Santos Costa, sobre os impactos que o estado pode ter com a diminuição dos recursos para ás áreas da ciência, tecnologia e inovação.

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande