RÁDIOS
Campo Grande, 22 de abril

Duelo de governistas

Barbosinha está pronto para atender convocação de Riedel para entrar na disputa eleitoral em Dourados

Por Adilson Trindade, colunista CBN-CG
03/04/2024 • 14h00
Compartilhar

O vice-governador Barbosinha, que trocou o PP pelo PSD, está pronto para aceitar o desafio de concorrer à Prefeitura de Dourados. Se isso realmente acontecer, dois governistas estarão se enfrentando no segundo maior colégio eleitoral do estado. De um lado, Barbosinha e, do outro, o ex-deputado estadual Marçal Filho, que deixou o PP para disputar as eleições pelo PSDB. O atual prefeito Alan Guedes (PP) é um aliado do governo.

Quando se fala em duelo de governista, porque Barbosinha é o vice-governador e Marçal é do partido do governador Eduardo Riedel. No PSDB, Marçal será candidato ungido pelo ex-governador Reinaldo Azambuja. No caso de Barbosinha entrar na disputa, será com as bênçãos do governador Eduardo Riedel.

A participação de Barbosinha na disputa eleitoral será a oportunidade de revanche com Alan Guedes. Os dois se enfrentaram as eleições de 2020 e Alan levou a melhor. No pleito de 2022, os dois dividiram o mesmo palanque em apoio a Riedel. Nesta chapa, Barbosinha saiu como vice-governador. Mesmo assim, as rusgas políticas entre os dois não foram removidas. Os dois contínuam se acotovelando por onde passam.

CBN: BANNER 02 KAMPAI 11.04 A 30.04.2024 DIAS PARES
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Apesar dos esforços para os dois se entenderem, eles continuam se rivalizando. Barbosinha não quer saber de bater nas costas de Guedes e apoiar a sua reeleição. Esse entrevero não prejudicou a administração da cidade. Como vice-governador, Barbosinha procurou ajudar com liberação de recursos. 

O cenário em Dourados é de embate entre os aliados do governo. Não tem como fugir disso. O  prefeito estará concorrendo à reeleição empurrado pela senadora Tereza Cristina, a chefona no PP no estado.

A candidatura de Barbosinha não depende só da sua vontade. A execução desse projeto eleitoral passará por um alinhamento com o governo. Ele não vai entrar numa disputa para colocar Riedel em dificuldades. Barbosinha é um politico de grupo, faz o jogo do seu grupo político e hoje está bem alinhado com Riedel.

Por isso, Barbosinha só sairá candidato a prefeito de Dourados com aval de Riedel. Até agora, essa questão ainda não está totalmente amadurecida. Mas Barbosinha, como ele mesmo disse, está pronto para o desafio se for convocado pelo governador.

Confira na íntegra:

CLIQUE AQUI e siga nosso canal de notícias no Whatssap. 

Para sugerir pautas ou enviar vídeos e imagens, 
salve nosso número 
67 9932 3500

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande