RÁDIOS
Campo Grande, 13 de julho

Mutirão "Concilia Campo Grande" segue até 12 de julho

Munícipes podem negociar dívidas por telefone, pelo site da Sefin ou presencialmente, na Central do Cidadão

Por Isabela Duarte
17/06/2024 • 13h00
Compartilhar

Contribuintes com dívidas e débitos no município podem participar do mutirão “Concilia Campo Grande”, promovido pela Prefeitura de Campo Grande. A ação segue até o dia 12 de julho e tem o objetivo de oferecer a oportunidade de negociar débitos.

O contribuinte pode optar pelo atendimento on-line, que funciona 24 horas por dia, por telefone, ou presencial, realizado de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h – sem fechar para almoço – na Central de Atendimento ao Cidadão (CAC).

Segundo a Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento (Sefin), nas primeiras duas semanas de programa, foram realizados 4.101 atendimentos presenciais e 15.044 atendimentos on-line. Também foram emitidas 10.137 guias imobiliárias.

CBN: BANNER DIGIX 01.01 A 30.06.2024
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para aderir, os contribuintes poderão pagar os boletos enviados via Correios ou solicitar a emissão da Guia DAM com os benefícios previstos pela Lei Complementar, tanto para pagamento à vista quanto parcelado.

As guias DAM podem ser emitidas de forma simplificada por meio do site Concilia Campo Grande, que estará operacional com o início do mutirão. Além disso, há canais de teleatendimento disponíveis para auxiliar os contribuintes.

Condições de Pagamento

Débitos Imobiliários:

À vista: Remissão de 90% dos juros e multas.

Parcelado: Remissão de 80% dos juros e multas, conforme o número de parcelas:

Até 6 parcelas, entrada de 10%.

De 7 a 12 parcelas, entrada de 15%.

De 13 a 18 parcelas, entrada de 20%.

Débitos Econômicos:

À vista: Remissão de 90% dos juros e multas.

Parcelado:

Até 6 meses, parcelas mínimas de R$ 100,00.

De 7 a 12 meses, parcelas mínimas de R$ 500,00.

De 13 a 18 meses, parcelas mínimas de R$ 1.000,00.

De 19 a 24 meses, parcelas mínimas de R$ 1.250,00.

De 25 a 36 meses, parcelas mínimas de R$ 1.500,00.

De 37 a 48 meses, parcelas mínimas de R$ 2.000,00.

De 49 a 60 meses, parcelas mínimas de R$ 2.500,00.

Remissão: 75% dos juros e multas para débitos parcelados, com parcela mínima de R$ 50,00.

Transação Excepcional

Para créditos tributários superiores a R$ 150.000,00, será possível aderir à “Transação Excepcional”, permitindo pagamento à vista ou parcelado em até 120 meses, com entrada reduzida e descontos. Esta modalidade considera critérios de interesse público, risco jurídico e capacidade de pagamento do contribuinte. Os interessados devem solicitar diretamente à Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento, com análise da Câmara de Conciliação Fiscal (CCF).

Restrições

Os benefícios desta Lei Complementar não podem ser utilizados para quitação de débitos via precatórios, dação em pagamento, depósitos judiciais em curso ou acordos judiciais aguardando conversão de depósito em renda.

Canais de Atendimento

Presencial: Central de Atendimento ao Cidadão (CAC), Rua Marechal Rondon, nº 2655, das 8h às 16h.

On-line: Disponível 24 horas através do  https://concilia.campogrande.ms.gov.br/pagamento.

Telefônico: De segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, até 12 de julho de 2024: 4042-1320, 98478-8873, 98471-0487, 99968-8992, 99969-1375, 99972-8202, 99995-6273, 99973-9589, 99975-1427, 99969-0928.

*Com informações da PMCG

CLIQUE AQUI e entre no canal de notícias da CBN CG

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande