Paranaíba, 19 de setembro
33º C
(67)99272-4655

Calor e baixa umidade do ar castigam paranaibenses

Já as temperaturas tem alcançado fácil a casa dos 37º, segundo dados do Inmet

Por Talita Matsushita
09/09/2017 • 09h45
Compartilhar

As altas temperaturas têm sido o destaque dos últimos dias em Paranaíba. A baixa umidade relativa do ar faz com que os paranaibenses sofram para se refrescar. Nesta semana a cidade registrou umidade do ar em torno de 15% em pelo menos quatro dias. Essa já é uma situação de alerta. Já as temperaturas tem alcançado fácil a casa dos 37º, segundo dados do Instituto Nacional de Metereologia (Inmet).

Na última terça-feira o Inmet emitiu alerta para queimadas e problemas respiratórios. Segundo o Instituto, não há previsão de chuvas, pois uma alta pressão continua atuando em MS, dificultando a formação das nuvens, bloqueando a entrada das frentes frias e introduzindo ar mais seco de altos níveis para a superfície.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) indica que a umidade relativa do ar ideal é de 60%. Diante da situação climática especialistas recomendam usar roupas leves, chapéus, bonés, óculos, protetor solar e aumentar a ingestão de líquidos, de preferência água, para hidratar o corpo, e consumir alimentos leves.

Umidificadores de ar e ingestão de muito líquido é a estratégia que a dona de casa Elizângela Andrade utiliza. Ela destaca que sempre carrega uma garrafa de água e quando está em casa utiliza o umidificador para melhorar a qualidade do ar. “Fica muito ruim para respirar, o nariz fica seco e a garganta fica arranhando, disse. 

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Cultura FM 106,3 - Paranaíba

VEJA MAIS