Paranaíba, 17 de setembro
31º C
(67)99272-4655

Exposição de fotografias é inspirada em 160 anos de Paranaíba

As fotografias trazem a bagagem cultural do seu autor, e mesmo que outra pessoa fotografe o mesmo local a fotografia não será a mesma, segundo Elis Regina

Por Talita Matsushita
20/06/2017 • 15h27
Compartilhar

A Mart (Mostra Anual de Artes) inaugurou Exposição Fotográfica de Pricila de Sá em comemoração ao 160 anos de Paranaíba, além disso outros artistas expõe outras obras na mesma exposição. As fotografias trazem a arquitetura das igrejas da cidade, ensaios e fotos de natureza.

Elis Regina Dias Freitas Mancini Coelho, uma das idealizadoras da Mart, explicou que a mostra de Pricila é uma retrospectiva de um artista. “Ela já passou por outras artes, como artes plásticas, artesanato e assim é a vida de um artista, uma arte complementa a outra”, disse.

Elis ainda ressaltou que as fotografias trazem a bagagem cultural do seu autor, e mesmo que outra pessoa fotografe o mesmo local a fotografia não será a mesma.

Pricila destacou que é ligada a arte desde criança, como teatro e poesia, além de pintar telas. Esta é a segunda vez que ela apresenta seu trabalho na Mart, na primeira vez ela expos telas, e acredita ser uma oportunidade de mostrar o trabalho, que muits vezes ficam sem ser expostos por falta de um local.

“Eu escolhi as igrejas pela arquitetura, pela perspectiva do meu olhar e me inspirei nos 160 anos de Paranaíba”, explicou.

Nesta terça e quarta-feira serão passadas noções básicas  de fotografia, com os fotógrafos Célio Zangalli, Murillo Paiva e Pricila de Sá, com início às 18h no Palace Hotel, os interessados devem fazer a inscrição no local. O curso é totalmente gratuito e não é preciso ter máquina fotográfica.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Cultura FM 106,3 - Paranaíba

VEJA MAIS