RÁDIOS
Campo Grande, 20 de maio

Aeroporto de Ponta Porã recebe certificação de segurança da Infraero

Medida aumenta possibilidade de oferta de voos fomentando turismo

Por Carlos Monfort, de Ponta Porã
25/01/2022 • 10h30
Compartilhar

O Aeroporto Internacional de Ponta Porã está entre os 12 terminais com certificação operacional obtida pela Infraero nos últimos três anos. O documento atesta que o equipamento cumpre os regulamentos técnicos da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) para a segurança operacional e em relação à resposta emergencial.

Certificação garante que a infraestrutura é segura e adequada aos diversos tipos de aeronaves para operações de transporte de passageiros e cargas 

O certificado gera benefícios diretos e indiretos, uma vez que possibilita o aumento da oferta de voos e mais opções de conectividade pelas empresas aéreas, fomentando o turismo e colaborando com o desenvolvimento da economia da região e do país. E também define os tipos de operações aéreas que o aeroporto está autorizado a receber.  

RCN 67 TODAS AS PAGINAS: BANNER RCN EM AÇÃO MUSSAK DE 02.03 A 01.06.2022
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O processo de certificação operacional atende aos normativos da agência reguladora e é fruto de um trabalho conjunto entre equipes dos aeroportos e áreas técnicas da Sede da Infraero para o atendimento a todos os requisitos, que seguem as melhores práticas e níveis elevados de segurança operacional. 

Os 12 aeroportos certificados desde 2019 são: Bagé, Foz do Iguaçu, Joinville, Londrina, Macaé (concedido), Navegantes, Palmas, Ponta Porã, Santarém, São Luis, Teresina e Uberlândia.  Mais três aeroportos estão em processo de certificação: Congonhas, Santos Dumont e Montes Claros.  

Todas as certificações são comprovadas por meio dos Manuais de Operações dos Aeródromos (MOPS), aprovados pela Anac. 

O Certificado Operacional atesta esta condição e conformidade, o que permite um melhor planejamento dos voos pelos operadores aéreos, refletindo em operações seguras e com maior fluidez”, explica o superintendente de Gestão da Operação, Paulo Eduardo Cavalcante. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande