Campo Grande, 20 de setembro
32º C
(67) 99229-0519

Assaí doa quase nove toneladas de alimentos em MS

Grupo está ampliando ações para arrecadar alimentos e reduzir a fome

Por Rosana Siqueira
31/07/2021 • 11h30
Compartilhar

O Assaí Atacadista está intensificando as suas ações para contribuir com o combate à fome no Brasil. Somente em Mato Grosso do Sul, quase nove toneladas de alimentos (8,9t) foram doadas no 1º semestre deste ano. A iniciativa faz parte de um plano de doações que totaliza R$ 5,5 milhões em alimentos que serão distribuídos ao longo de todo o ano e em todo o país.  

Já quando considerados os resultados nacionais, no total, foram 220 toneladas de alimentos doadas entre janeiro e julho deste ano em todo o Brasil. Isso significa que quase meio milhão de pratos de comida (457 mil refeições) chegaram às famílias em situações de vulnerabilidade de 49 cidades brasileiras. Os alimentos foram distribuídos por meio de 39 instituições sociais parceiras, em mais de 23 mil cestas, que garantiram que a ajuda chegasse às mãos de quem mais precisa em cada região.

Desde maio, a empresa também tem realizado a ‘Campanha de Solidariedade’, com a participação de clientes em uma grande corrente em suas lojas de todo o Brasil. Por meio dela, o Assaí já arrecadou outras 240 toneladas de alimentos não perecíveis e itens de higiene e limpeza que foram redistribuídos para 90 instituições sociais parceiras do Assaí.

As ações do Assaí para apoiar pessoas impactadas pela pandemia de covid-19 também se estende aos micros e pequenos empreendedores, um dos públicos-alvo da companhia. Neste mês, o Assaí aumentou em dez vezes, de 150 a 1.500 beneficiados, a quantidade de pequenos comerciantes e vendedores do ramo alimentício que serão contemplados com ajuda financeira e capacitação profissional pelo Prêmio Academia Assaí Bons Negócios, que chega à sua 4ª edição em 2021. Mais informações estão disponíveis em www.academiaassai.com.br/premio.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande

VEJA MAIS