RÁDIOS
Campo Grande, 20 de maio

Em um mês, número de casos de Covid-19 saltam 1.200% em Dourados

Em dezembro, foram 168 casos positivos, já em janeiro 2.211

Por Marcus Moura
25/01/2022 • 17h00
Compartilhar

O PAM (Pronto Atendimento Médico) de Dourados, local de testagem da covid-19, registrou um aumento de 1.216% no número de casos confirmados de Covid-19 em um mês. Isso porque em todo o mês de dezembro foram realizados 2.100 testes, com 168 positivos. Já em janeiro, até o dia 23, foram feitos 5.502 testes, com 2.211 positivos. Na última semana de janeiro, o Pronto Atendimento aumentou o número de testes diários, passando a realizar 300 por dia.

A ampliação levou a um aumento na média diária de casos positivos, que passou de 72 na primeira quinzena de janeiro, para 171 na última semana. De 3 a 16 de janeiro, foram realizados 3.033 testes, dos quais 1.014 resultaram em positivos e 2.019 negativos. Já na última semana, de 17 a 23, 2.199 testes foram feitos dos quais resultaram em 1.197 positivos e 1.002 negativos. Se comparado com os meses de dezembro e janeiro, essa diferença passa de 5,6 para 96,1 casos positivos por dia.

O secretário municipal de Saúde, Waldno Lucena Júnior, reforça que é preciso manter os cuidados para evitar a disseminação da doença. “Os testes no PAM são feitos após o encaminhamento médico, o primeiro mês do ano foi marcado pelo aumento nas síndromes gripais e para evitar a transmissão os cuidados são muito semelhantes: usar máscara e álcool em gel”, destacou.

Com o aumento dos casos de síndromes respiratórias, a demanda de trabalho aumentou também na Saúde. “Além disso, o aumento do número de casos também afeta a equipe, nesta semana cinco profissionais precisaram ser substituídos para não alterar o fluxo de atendimento”, ressaltou o secretário.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande