RÁDIOS
Campo Grande, 19 de maio

Mercado Internacional é tema da palestra de Maurício Belinello no RCN Agro 2022

Evento promovido pelo Grupo RCN de Comunicação acontece no dia 17 de maio em Campo Grande

Por Redação
09/05/2022 • 15h22
Compartilhar

Campo Grande recebe no dia 17 de maio a palestra do consultor no mercado de valores e referência no segmento de commodities, Maurício Belinello. A palestra será a primeira do ano promovida dentro do projeto RCN agro 2022, idealizado pelo Grupo RCN de Comunicação.

Em entrevista à rádio CBN, Belinello falou sobre o conteúdo que vai trazer aos participantes e destaca que abordará conhecimentos acessíveis para que os agricultores saibam como funciona o mercado internacional.

“Como você opera contratos futuros, como que você opera as opções sobre esses contratos futuros, que são os ativos que você consegue negociar em bolsa.  Como você faz para travar seu dólar, por exemplo, quais os instrumentos e, principalmente, falar um pouco das vantagens de longo prazo, que é a utilização dessas ferramentas para o agricultor médio”, explica.

RCN 67 TODAS AS PAGINAS: BANNER RCN EM AÇÃO MUSSAK DE 02.03 A 01.06.2022
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para o especialista, o agricultor médio brasileiro é um fenômeno da porteira para dentro, conforme define, mas precisa avançar quando o assunto é a comercialização de ativos. 
“Infelizmente o agricultor médio brasileiro fica muitas vezes “na mão” do mercado. Por não compreender de forma plena as mecânicas pelo qual esses ativos que eles vendem no mercado de valores, acabam colocando seus ativos na mão da sorte”. 

A palestra com Maurício Belinello acontece no auditório da Famasul, em Campo Grande, no dia 17 de maio, às 19h. As inscrições podem ser feitas através no portal RCN67.

O RCN AGro 2022 conta com apoio da 067 vinhos, Sebrae, Famasul, OCB-MS, Kallas Mídia e Mídia Malls.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande