RÁDIOS
Campo Grande, 19 de abril

Pesca está liberada nos rios de Mato Grosso do Sul

Período de defeso para a reprodução dos peixes terminou nesta quarta-feira (28)

Por Fernando de Carvalho
29/02/2024 • 08h00
Compartilhar

A temporada de pesca 2024 em Mato Grosso do Sul começou nesta quinta-feira (29) com a Piracema terminando na quarta-feira (28).

O 1º Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) destaca a importância de os cidadãos observarem as normas estabelecidas no estado. Estas regras incluem cotas de pesca, restrições a equipamentos, locais proibidos, e a necessidade de obter a Carteira de Pescador Amador, uma licença ambiental para praticantes de pesca amadora, seja em embarcações ou em terra firme.

As cotas de pesca permanecem inalteradas em relação ao ano anterior, limitando-se a um exemplar de espécie nativa e cinco piranhas, conforme os tamanhos mínimos e máximos estipulados para cada espécie. Além disso, os pescadores amadores podem usar métodos como linha de mão, caniço simples, caniço com molinete ou carretilha para a captura dos peixes.

CBN: BANNER 01 KAMPAI 11.04 A 30.04.2024 DIAS ÍMPARES
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A proibição da pesca estende-se a áreas específicas, como locais a menos de 200 metros de olhos d'água, nascentes, até 1.500 metros a montante e a jusante de barragens, a menos de 1.000 metros de ninhais, a menos de 200 metros de lançamentos de efluentes hidrelétricos ou de abastecimento público, e a menos de 200 metros a montante e a jusante de cachoeiras e corredeiras.

Além disso, é vetado o uso de métodos e equipamentos como "ceva" para concentrar cardumes, pesca embarcada com motor em movimento circular (cavalo-de-pau), cercados, parís, anzóis de galho, entre outros. Substâncias tóxicas ou explosivas e qualquer outro artefato de malha, como redes e tarrafas, também estão proibidos.

Piracema 2023/2024

Durante o período de defeso entre 2023 e 2024, foram apreendidos 848 kg de pescado e emitidos 32 autos de infração, resultando em multas no valor total de R$ 143.418,34. Com a retomada da pesca, as atividades de fiscalização nos rios, iniciadas com a Operação "Abertura Temporada de Pesca 2024" nos rios da Bacia do Paraguai em 29/02, serão intensificadas. Isso incluirá barreiras, inspeções em pesqueiros, ranchos de pesca e embarcações turísticas.

*Com informações da PMA

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande