Paranaíba, 28 de setembro
31º C
(67)99272-4655

Garota é perseguida por homem ao sair de escola em plena luz do dia

"Quanto você quer para entrar no carro?", teria perguntado homem a adolescente de 14 anos

Por Leonardo Guimarães
13/03/2017 • 18h21
Compartilhar

Uma adolescente de 14 anos foi perseguida por um homem em plena luz do dia, ao sair da escola em Paranaíba (MS). O caso aconteceu por volta das 11h, tendo início na Avenida Durval Rodrigues Lopes, próximo a rodoviária, indo até a Avenida Coronel Gustavo Rodrigues.

A adolescente - acompanhada de sua mãe - procurou a redação do JP News para relatar o caso.

A estudante contou que ao sair da Escola Estadual Aracilda Cícero Corrêa da Costa e seguir pela Avenida Durval Rodrigues Lopes, trajeto feito por ela todos os dias ao voltar para casa, percebeu que uma caminhonete de cor branca a acompanhava, quando próximo a rodoviária o homem, de aproximadamente 55 anos, parou ao seu lado e lhe ofereceu carona. A estudante disse que se negou a entrar no carro e começou a andar com maior velocidade, mas o homem continuou a abordagem, passando a fazer elogios e insistindo para que a adolescente entrasse no veículo.

Segundo a garota, a caminhonete se afastou por alguns instantes e voltou a se aproximar novamente próximo a Avenida Coronel Gustavo Rodrigues. O homem seguiu a perseguição com os vidros fechados por alguns metros, voltando a abrir e fazer mais uma abordagem pouco depois; desta vez abrindo a porta e oferecendo dinheiro, chegando a perguntar quanto ela queria para entrar no carro. A garota relata que começou a correr, momento em que o homem acelerou e fugiu, entrando em uma rua paralela a avenida.

A mãe da adolescente contou que a filha estava bastante assustada ao chegar em casa, quando relatou o ocorrido. A mãe não registrou boletim de ocorrência por medo de que o homem já viesse seguindo a adolescente anteriormente e saiba onde ela mora.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Cultura FM 106,3 - Paranaíba

VEJA MAIS