RÁDIOS

CBN

Simpósio discute a saúde no ambiente de trabalho na capital

Com o tema "Assédio e a Discriminação de Gênero, Raça e Religião nas Relações de Trabalho", evento promovido pela Justiça Militar da União teve início nesta quarta-feira (15) e segue até o dia 17 em em Campo Grande

Por Gerson Wassouf
15/11/2023 • 14h30
Compartilhar

A Justiça Militar da União está promovendo um simpósio na capital com o tema  “O Assédio e a Discriminação de Gênero, Raça e Religião nas Relações de Trabalho”. O evento teve início nesta quarta-feira (15) e conta com a presença do ministro-presidente do Superior Tribunal Militar (STM), Tenente Brigadeiro do Ar Francisco Joseli Parente Camelo, ministros do STM e autoridades locais.

De acordo com o coordenador científico do evento, Juiz Federal da Justiça Militar, da Auditoria Militar de Campo Grande, Dr Jorge Luiz de Oliveira da Silva, a abertura do evento foi pensanda para ser realizada no Bioparque Pantanal para sair do ambiente comum de discussão.

Dr. Jorge Luiz no Bioparque Pantanal

"É bom que todos conheçam o Bioparque e as belezas de MS. O evento conta com mesas redondas, bate papos, palestras, performances teatrais e música. Um evento que trata o assunto com seriedade, porque sabemos que é importante discutir o tema para aumentar cada vez mais a saúde no ambiente de trabalho", afirma o coordenador.

CBN: BANNER CRESOL ATÉ 29.02.2024 ATUAL. 08.02
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

E quem abriu o simpósio para falar sobre o assédio e discriminação nas relações de trabalho em questões de gênero, raça e liberdade religiosa, sobretudo na segurança pública, foi a Desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado do Mato Grosso do Sul, Dra. Jaceguara Dantas da Silva.

Dra. Jaceguara Dantans no Bioparque Pantanal

"As pessoas mais afetadas por ambientes tóxicos de trabalho são os negros, pessoas
com deficiência, comunidade LGBTQIA+ e em especial a mulher, que é mais vítima do assédio nos ambientes de trabalho [...] Mato Grosso do Sul está em um bom caminho, mas sempre se deve melhorar, e um evento como esse é primordial para que isso aconteça", conta a desembagadora do estado.

 

A abertura do simpósio foi realizada no Bioparque Pantanal, mas a programação dos próximos dias continua no Tribunal de Contas do Estado e serão abordadas questões relativas a assédio e discriminação nas relações de trabalho de genêro, raça e liberdade realigiosa.

Confira as participações ao vivo feitas no evento:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de Rádio CBN