RÁDIOS
Campo Grande, 16 de junho

Autocuidado: busca por resultados naturais em cirurgias plásticas aumentou

Clínica GR Cirurgia Plástica é referência em Campo Grande, trazendo resultados mais duradouros e seguros, além de cuidar do emocional da paciente

Por Isabela Duarte
18/05/2024 • 10h00
Compartilhar

No CBN Você Mulher deste sábado (18), o destaque foi a importância do autocuidado e como as mulheres buscam estar bem consigo mesmas, com sua imagem, conforto e qualidade de vida.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica estima que, só em 2024, devem ser realizados mais de dois milhões de procedimentos cirúrgicos estéticos no país. Hoje, o Brasil é o segundo no ranking mundial das cirurgias plásticas, ficando atrás dos Estados Unidos.

Em Campo Grande, a clínica GR Cirurgia Plástica busca atender a demanda por procedimentos estéticos visando bem-estar, conforto, qualidade e segurança aos pacientes, principalmente às mulheres, que muitas vezes tem receios e inseguranças, além de preocupação com o cuidado da casa e dos filhos enquanto está se recuperando de uma cirurgia.

Os proprietários, cirurgião Gabriel Rahal e Denise Rahal, destacam o avanço tecnológico e o atendimento personalizado como diferenciais da clínica na Capital.

Gabriel Rahal destaca que as cirurgias das mamas são algumas das mais procuradas pelas mulheres, seja para colocar prótese, associada ou não à mastopexia, ou para retirada de volume. O médico ainda afirma que a naturalidade nestas cirurgias está na moda.

"Nós vemos uma decrescente de tamanhos, tanto na estética, na procura das próteses por tamanhos menores, quanto na parte técnica. Com próteses menores, nós conseguimos resultados mais duradouros e estabilidade mamária por muito mais tempo", destaca.

Para Denise Rahal, a comunicação com as pacientes é fundamental para tirar dúvidas e tranquilizá-las. "Muitos pacientes tem esse receio da cirurgia, principalmente as mães, mas nós explicamos bastante sobre o procedimento, sobre os exames e eu falo muito que a vontade tem que ser maior que o medo, porque o medo sempre vai existir".

Confira o bate-papo na íntegra:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande