RÁDIOS
Campo Grande, 16 de agosto

Mato Grosso do Sul é o 7º no ranking da dengue no país

Incidência é considerada alta em 51 municípios e o número de óbitos já está entre os maiores da série histórica

Por Redação
24/06/2022 • 06h00
Compartilhar

O último Boletim Epidemiológico da Dengue divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) revela o avanço no número de casos de dengue em Mato Grosso do Sul. Em apenas 10 dos 79 municípios do Estado, a incidência de casos é considerada baixa, ou seja, inferior a 100 casos a cada 100 mil habitantes, mas a doença já foi registrada em todas as cidades, de acordo com os dados contabilizados até o último dia 22 e informados pelas secretarias municipais de saúde.

O levantamento mostra ainda que São Gabriel D'Oeste, na região norte do Estado, apresenta o maior índice de casos prováveis. Chapadão do Sul, no leste, tem a maior incidência de casos confirmados, sendo a taxa correspondente a 4.013 casos para cada 100 mil habitantes, o dobro do segundo município no ranking.

O total de mortes em Mato Grosso do Sul por dengue, neste primeiro semestre de 2022, já se igualou ao total registrado no ano passado. São 14 óbitos, sendo seis deles em Campo Grande, dois em Chapadão do Sul e um em Aparecida do Taboado, Guia Lopes da Laguna, Itaporã, Douradina, São Gabriel D'Oeste e Dourados. Do total de vítimas da dengue, cinco não apresentavam doenças pré-existentes. A vítima mais jovem tinha apenas 11 anos de idade.

Acesse AQUI os dados divulgados e as informações sobre sintomas, prevenção e tratamento.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande