RÁDIOS
Campo Grande, 19 de maio

PDT terá chapas completas e cogita até lançar candidato ao Governo de MS

Lideranças do partido se reuniram para reverter situação de não montagem de chapa para deputado federal

Por Nyelder Rodrigues
06/05/2022 • 18h30
Compartilhar

Uma noite de reunião foi o suficiente para que lideranças pedetistas de Mato Grosso do Sul, encabeçadas pelo tesoureiro nacional da sigla e interventor regional Marcelo Panella, decidissem que diferente do caminho que o partido vinha seguindo, os rumos na montagem de chapa para deputado federal fossem outros nestas eleições.

Até o início da semana, a criação de uma chapa capaz de competir por uma das oito vagas de deputado na Câmara Federal, as quais Mato Grosso do Sul tem direito, estava em xeque. A saída do deputado federal Dagoberto Nogueira para o PSDB só piorou a situação, que já era ruim - esse foi justamente o motivo da saída dele da sigla a qual comandava.

"A nova direção reafirma o compromisso com os companheiros de que teremos nominata completa em Mato Grosso do Sul e que o nosso objetivo principal é reestruturar o partido, visando fortalecer cada vez mais a campanha de Ciro Gomes aqui no Estado”, destacou Panella.

CBN: BANNER SABIN MEIO DE 09 A 31.05
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Quanto à polêmica envolvendo o apoio para os pré-candidatos ao governo do Estado, o partido segue indefinido e novas possibilidades surgiram. Antes, a dúvida era ficar entre o tucano Eduardo Riedel e o ex-prefeito campo-grandense Marquinhos Trad (PSD).

Contudo, agora, o partido estuda até mesmo uma candidatura própria, tendo assim um palanque exclusivo no Estado para Ciro Gomes, pré-candidato pedetista à presidência da República. Até antes da intervenção, ele estaria no palanque com Riedel, porém o mesmo anunciou que ficaria lado a lado com Jair Bolsonaro (PL) na campanha deste ano.

"Em relação com quem o partido caminha aqui no Estado ainda não foi definido. Estamos conversando com todos os partidos que tem pré candidatos a Governo e existindo até a possibilidade ter chapa pura", revela à CBN Campo Grande o deputado estadual Lucas de Lima, que migrou para o partido neste ano fazendo parte da base governista.

Lucas vai tentar a reeleição e esteve no encontro, realizado na quarta-feira (4) à noite, ao lado dos ex-prefeitos de Sidrolândia e Rio Verde, respectivamente, Enelvo Felini e Mário Kruger. Os sindicalistas José Abelha e Lucilio Nobre, o vereador campo-grandense Marcos Tabosa e o radialista douradense Antonio Neres também participaram da reunião.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande