RÁDIOS
Campo Grande, 22 de maio

Mandela: sobe para 80 número de famílias atingidas pelo incêndio

Desabrigados recusam sair de área invadida e prefeitura estuda propor assentamento em local próximo

Por Gerson Wassouf e Mateus Adriano
17/11/2023 • 13h10
Compartilhar
TODAS AS PRAÇAS: BOX INTERNA NESCAU ATÉ 31.12.24

O incêndio de grandes proporções ocorrido nessa quinta-feira (16) na comunidade Mandela, região norte da Capital, destruiu a moradia de 80 famílias e deixou mais de 140 pessoas desabrigadas. A informação divulgada ontem era de 67 famílias e foi atualizada nesta sexta-feira (17) pela Prefeitura de Campo Grande.

Na primeira noite após o incêndio, apenas 15 pessoas procuraram o abrigo público, disponibilizado na Escola Municipal Kamé Adania para receber alimentação e dormir. Os outros moradores da favela continuam no local, abrigados em 11 tendas montadas pelo Exército e a Defesa Civil. O município tem disponibilizado água e alimentação às famílias.

Moradores do Mandela nas tendas disponibilizadas na comunidade

"Nós já servimos 500 refeições ontem, hoje pela manhã teve café da manhã, agora o almoço, água potável e tudo aquilo que é de necessidade. Nós também estamos buscando um terreno público que possa acomodar as famílias, porque eles também têm resistência, eles não querem ir para outras regiões [...] mas essa área é uma área de litígio. Aqui é uma área de APP (Área de Preservação Permanente) e que tem um litígio há muitos anos e que já tem uma determinação do Ministério Público para a desocupação", explicou a prefeita Adriane Lopes.

DOAÇÕES

Servidores municipais estão de plantão no local para receber e encaminhar doações da população para as famílias desabrigadas. Quem quiser ajudar com roupas, mobílias, fraldas, artigos de higiene, entre outros, também pode levar as doações na sede do Fundo de Apoio à Comunidade, que fica na Av. Fábio Zaran nº 6000, na Vila Carvallho.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Mais de CBN Campo Grande